HENRICADAS

8 \08\UTC fevereiro \08\UTC 2012 at 16:52 Deixe um comentário

A Casa de Cultura Zenriques e o escritor sanjoanense Tonunes estão preparando uma edição não-comercial do livro de poesias RELÓGIO DA VIDA, de Coriolano Henriques, reunindo além dos sonetos que o autor reuniu sob esse título, mais alguns sonetos e trovas. Como não temos patrocínio, o livro vai sendo editado com vagar, mas acreditamos que será lançado ainda neste semestre.

Coriolano, filho do jornalista Zenriques, foi um criador multimídia, que atuou nas áreas da literatura, do desenho e do teatro, além de ser um carnavalesco de muita inspiração. Sua obra estava aguarda a oportunidade de ser usufruída pelo público, que já conhece um de seus poemas mais declamados, que reproduzimos abaixo:

                                   

                                 O SEGREDO DA ALUNA

 

-Avante! diz sorrindo o professor,

Presente indicativo, verbo amar.

A aluna, sem querer falar de amor,

Nervosa diz-lhe: – Não sei conjugar.

 

– Não creio, mas…estou de bom humor

E não quero obrigá-la a confessar.

Sou mestre, apenas, e não confessor.

E em análise? Vou lhe experimentar.

 

“Conheço um professor que ama alguém.”

A oração está completa e bem?

Onde está o sujeito da oração?

 

Ela nervosa, pálida e com medo,

Confessa ao professor o seu segredo:

– Está oculto no meu coração.

 

 

Dos cinco filhos de Cori, dois se revelaram herdeiros de seu talento. Murilo e Milson.

 

                                  MURILO HENRIQUES

 

Advogado por muitos anos da Rede Ferroviária Federal, desde cedo demonstrou talento artístico. Ainda menino foi ventríloquo sem nunca ter aprendido essa difícil técnica. Poeta precoce, deixou livros prontos que precisam ser editados. Era membro licenciado da Academia Pedralva de Letras e Artes de Campos. Eis uma amostra de sua poesia, de sua primeira fase:

                          

                                  PALAVRAS

 

Ah, só agora compreender eu posso

Na minha louca e desmedida ânsia,

Nessa vontade de rever-te, amada,

Esta palavra tão comum, banal,

Esta palavra tão atroz – distância!

 

Oh! Quantas vezes já a ouvi inerte…

Nesses momentos nada em mim senti

Porém agora sem te ver e ouvir

Vejo esta tosca, trivial palavra

Ser a muralha entre mim e ti.

 

E esta palavra causa tantas outras

Numa alma triste (que fatalidade!):

Esta palavra mais maldita ainda,

Que mais aumenta o meu sofrer – saudade…

 

 

 

MILSON HENRIQUES

 

Milson é o filho caçula de Coriolano. Como o pai, desenha, escreve e representa peças teatrais e faz poesia. Famoso na cidade que escolheu para viver e onde leva centenas de espectadores para assistir suas peças, Vitória, por duas vezes foi tema do enredo de escolas de samba capixabas. Tem 14 livros publicados e durante algum tempo produziu história em quadrinhos, tornando famosa a personagem Marly. A seguir um de seus poemas:

 

                                                  BATISMO

 

De repente

Um barulhento bem-te-vi desaforado

Sem ser convidado

Tomou posse da minha varanda

Construindo ninho

Num xaxim abandonado

E logicamente no meu coração.

E veio a imperiosa vontade de ternura

De o colocar entre as mãos

Proteger, dar carinho…

Mas ele não é um cão, é um passarinho

Que tem no céu o seu espaço aberto!

E me conforto em dar amor, sempre de longe

Embora ali tão perto…

 

Por ser exatamente igual

A outra dor que me consome

Secretamente

Batizei-o com seu nome…

Anúncios

Entry filed under: Crônicas.

VIAGENS EXEMPLARES A VIDA ALHEIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Últimos Posts


%d blogueiros gostam disto: