NOTAS DO PARAÍSO XLVI

18 \18\UTC janeiro \18\UTC 2011 at 09:29 Deixe um comentário

* Com as chuvas do início de verão o rio Paraíba do Sul ultrapassou a marca dos 10 m em Campos e provocou a interdição da ponte Barcelos Martins. Fica patente que a ponte entre Cajueiro e Cacimbas pode ser um caminho alternativo caso a dificuldade de travessia do rio nas pontes de Campos aumente. Mas que administrador público da região tem prestígio para conseguir que as obras continuem?

* No sermão da missa de domingo da igreja dos Santos Anjos, no Leblon, o padre Marcos Belizário, pediu o impeachement do governador Sérgio Cabral por conta das mortes e destruição das cidades serranas após o excesso de chuvas desse janeiro. Por aí se vê a quantas andas o prestígio dos políticos no país. Se votar não fosse obrigatório o vexame seria maior.

* Estudos da ONG Oxfam e do Programa de Estratégia Internacional para a redução de Desastres das Nações Unidas concluíram que entre 2009 e 2015 vão aumentar muito os desastres causados pelo excesso de chuvas, com aumento de 50% no número de mortes. Calcularam ainda que em 2015 serão 375 mil as mortes, a maioria em países subdesenvolvidos e mal administrados. A corrupção é problema de saúde pública e precisa ser urgentemente erradicada.

* Conta O Globo da terça 18 que dois homens foram presos em Campo Grande, Zona Oeste do Rio, furtando donativos armazenadas num caminhão, que seriam enviados para as cidades de Região Serrana devastadas pela chuva. A dupla recolhia roupas e alimentos quando foi vista por agentes do Batalhão de Polícia Rodoviária. Um dos presos é motorista da Universidade do Estado do Rio de Janeiro usou caminhão da instituição para transportar as doações. O outro é seu irmão e um menor foi apreendido.

* Quase uma semana depois dos temporais que arrasaram parte da Região Serrana do Rio e provocaram pelo menos 672 mortes, na maior tragédia do país, o governo federal decidiu criar o sistema nacional de alerta e prevenção de desastres naturais e reestruturar a Defesa Civil. A presidente Dilma cobrou maior participação das Forças Armadas.

* O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, estima que haja no país cerca de 500 áreas de risco de deslizamento e outras 300 propensas a inundações, com aproximadamente cinco milhões de pessoas. E novas surgirão, pois as autoridades, com medo de perder uns votinhos, não coíbem a ocupação desordenada e perigosa.

* A desumanidade não se restringe a esses roubos diretos; outros furtos, como o aumento abusivo do preço de bens de primeira necessidade para as vítimas dos desmoronamento de encostas por comerciantes estabelecidos escandaliza quem corre, generoso, a levar donativos. Deus deve se envergonhar dessas suas criaturas.

* No final do ano passado, um depósito repleto de donativos não entregues a vítimas de enchentes no Nordeste pegou fogo. Os gestos de solidariedade da população se perdem na incompetência dos órgãos públicos encarregados da distribuição. Incompetência, descaso, ganância e desumanidade são males de gente que só pensa em si mesma.

* Enquanto algumas empresas gastam em anúncios pedindo que o povo colabore com donativos, ao invés de gastá-lo comprando água, comida e outros bens necessários para quem perdeu tudo, o ator Marcos Palmeira doou toda a produção de sua fazenda, cerca de 50 toneladas de alimentos orgânicos, aos sobreviventes dessa tragédia anunciada.

* Denuncia o ator em matéria no jornal O Globo, “vejo o aumento do desmatamento da região, o leito do rio sendo desviado, o aumento das construções irregulares, sem que nada seja feito. Então, em mais um verão do descaso, a chuva leva tudo e todos. Vamos culpar a natureza? Chega de hipocrisia. É revoltante!”

* Há cerca de 20 anos a chegada do verão trazia a promessa de belos dias ensolarados, praias, namoros, alegria; hoje assusta com a possibilidade das tragédias que se repetem, cada ano num lugar diferentes, trazendo morte, destruição e luto. O Brasil precisa tomar vergonha.

Anúncios

Entry filed under: Crônicas.

NOTAS DO PARAÍSO XLVI NOTAS DO PARAÍSO XLVII

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Últimos Posts


%d blogueiros gostam disto: