O que é bom dura pouco.

30 \30\UTC outubro \30\UTC 2009 at 17:29 4 comentários

oqebomdurapoucoParte da turma dos formandos do curso ginasial do Ginásio São Salvador, de Campos, em 1952. A partir da esquerda – Manoel José, Vilmar Rangel, José Maria, Elmar R. Martins, Paulo Roberto, Geraldo Machado (só o alto da cabeça), os irmãos Zuleica e Joel Mello, Renato Aquino, Valdéia, João José, Carlos AA de Sá e Roberto Medrado O pessoal dessa foto é parte da turma a que o arquiteto Renato Marion de Aquino chamou, na festa de lançamento do mais recente livro do escritor sanjoanense Célio Aquino, na noite do sábado 24 de outubro, em São João da Barra, de “a melhor turma que já estudou no Ginásio São Salvador”. Pena que nem todos os colegas estejam na foto, tirada pelo médico Herculano Aquino, grande e generosa figura, pai do Renato, em frente à igreja de São Benedito, em Campos, após missa em Ação de Graças pela conclusão do curso. Não me lembro porque razão, mas muitos formandos faltaram, inclusive Geraldo Lamego, hoje um dos maiores decoradores de interiores brasileiros. E pela mesma razão, acho que morte da mãe de um aluno, não houve colação de grau e o indefectível baile de formatura. Lembrei Geraldo Lamego para começar a desfiar o rosário de nomes dos alunos dessa turma que se destacaram em diversas atividades. De alguns nunca mais eu tive notícias e um deles, que era muito amigo meu na escola, o Paulo Roberto, eu gostaria muito de rever. Partindo sempre da esquerda – e muitos de nós admirávamos a esquerda,- temos o sempre elegante poeta e publicitário Vilmar Rangel, o advogado e professor Elmar Rodrigues Martins, o advogado e articulista Geraldo Machado – o outro Geraldo da turma, o belo Miranda, poeta e pediatra, mora em Niterói – Joel Ferreira Melo, poeta, professor, jornalista e incentivador dos novos, que teve e a ousadia de me ceder coluna no seu muito lido suplemento literário “Letras & Problemas”, publicado pelo jornal A Notícia, então editado pelo inesquecível Hervê Salgado, e o próprio Renato, professor de História da Arte, ex-diretor da Escola Técnica Federal. Os outros, talvez por não estarem na foto, provavelmente estão escondidos nos escaninhos de minha memória setentona. Num desses cantos, cercado pelo meu carinho e admiração, está o poeta e professor Walter Siqueira que, muito jovem, lecionava geografia para nossa turma. Quatro dos fotografados são membros da Academia Campista de Letras, atualmente presidida por Elmar Martins, incansável garimpeiro de obras raras em sebos. Alguns pertencem também à Academia Pedralva Letras e Artes. E vocês observaram quantos poetas? Sinal que as aulas da doce Blandina Melo e da brava Maria Benedita Gouveia foram eficientes e instrumentaram o lirismo que existia em cada um. Não dá para esquecê-las. Talvez sem seus ensinamentos não tivéssemos coragem de tentar externar nossas emoções. Com dona Blandina estudei parte do então curso primário, em sua escola na esquina da praça da República, em diagonal com o Grupo Escolar Quinze de Novembro. Voltei a aprender com ela no primeiro ano do curso científico no Liceu de Humanidades, quando paguei o maior mico por causa de um poema de Gonçalves Dias e que ela relevou com sua gargalhada cristalina. Nos anos seguintes, no Liceu, curti a elegância no mestre Carlos Gualda. Ai, que tempo bom, quanta saudade! O São Salvador possuía um dos mais modernos e completos parques esportivos escolares, graças à paixão do fundador e diretor Manoel Ferreira. Com a bruma da saudade fica ainda mais linda a entrada do colégio, por entre grandes árvores. Do impecável gramado dava para ver o parque esportivo, as salas de aulas, as instalações do internato masculino – o feminino ficava na própria casa da família do diretor, ao lado – o salão nobre sobre a secretaria…ah, vou ficar por aqui, que a saudade pode pingar sobre o computador. Por que o que é bom dura tão pouco? SJB, 29/10/2009

Anúncios

Entry filed under: Crônicas.

ALÔ, BEBEL? – USOS E ABUSOS DO CELULAR Precisa-se de um super-heroi

4 Comentários Add your own

  • 1. Andre Pinto  |  10 \10\UTC novembro \10\UTC 2009 às 05:22

    Prezado Carlos Sá,
    Estas maravilhosas histórias e o cenário do São Salvador, nem meu pai, João Oscar, chegou um dia a me descrever! Que maravilha deve ter sido aquele tempo!
    Então é verdade que o Colégio São Salvador de Campos foi uma grande “fábrica” de poetas! Que legal!
    Grande abraço
    Andre Pinto

    Responder
    • 2. carlosaadesa  |  12 \12\UTC novembro \12\UTC 2009 às 10:01

      Grande André, sempre generoso em seus comentários. Mas realmente o Ginásio São Salvador foi um celeiro de talentos, haja vista que lá seu pai estudou. Bons tempos. Essa é uma saudade que não dói, só machuca. Faz bem lembrar.
      Por falar nisso, lembro que v c me disse que estava lendo “Naufragantes”. Conseguiu terminar? O que achou?
      Carlos Sá

      Responder
  • 3. Ernani Diasd  |  27 \27\UTC março \27\UTC 2011 às 19:55

    Gostei muito de ver o Colégio que estudei e que gostava tanto e que infelismente não existe mais. Estudei lá de 1958 a 1963. Gostaria muito de contactar com meus colegas, com os quias perdi o contato.Lembro de alguns nomes da minha turma que começava assim.
    Acyr, Adauto, alceir, aldacir, aldestrano, Anas,(mais de 1) Beatriz, CLaudios (mais de I), Décio (2), Elisia, EWdmundo, Eliane, evanir, Eu, Francisco, Geraldo, e muitos outros que agora não me lembro

    Responder
  • 4. Gustavo  |  26 \26\UTC julho \26\UTC 2012 às 21:20

    Boa Noite,

    Fiquei muito feliz em ler seu blog. Você teria mais fotos do Colégio. Quando o colégio fechou eu tinha 4 ou 5 anos, meu pai tinha muitas fotos , mas, infelizmente as traças acabaram com tudo, me recordo de fotos de concurso de miss, do carneiro formoso, dos desfiles de 7 de setembro…mas tudo se perdeu.

    Att.

    Gustavo do Rego Barros, filho de João José do Rego Barros, neto de Professor Ferreira

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Últimos Posts


%d blogueiros gostam disto: